Mais notícias

Governo eleva valor do "Minha Casa, Minha Vida"

04/02/2011

O governo elevou o preço máximo dos imóveis enquadrados no programa "Minha Casa, Minha Vida", uma antiga reivindicação do setor da construção. O teto para imóveis localizados nas regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro e no Distrito Federal passou de R$ 130 mil para R$ 170 mil.

Nas demais capitais, o valor máximo do imóvel subiu de R$ 100 mil para R$ 150 mil. Os valores também foram elevados nas cidades do interior. As decisões foram tomadas pelo Conselho Curador do FGTS, de onde saem os recursos para subsidiar o programa. O "Minha Casa, Minha Vida" é voltado para as famílias com renda de até 10 salários-mínimos.

Rio de Janeiro

O governo federal também anunciou a ampliação do programa "Minha Casa, Minha Vida" para outros municípios do Estado do Rio. Mais bairros da capital também devem ser contemplados.

A previsão é que bairros como Méier, Taquara, Pechincha, Vargem Pequena, Campo Grande e municípios como Duque de Caxias e Nova Iguaçu, entrem no projeto até mesmo de construtoras requintadas.

Fonte: Eband - clipimobiliário
A grande vantagem desse programa é que os juros ficam abaixo do Sistema Financeiro de Habitação.